">

domingo, 28 de abril de 2013

Salvar a Pele (Hide)

Sinopse
"Não vale a pena trancar as portas... Foi um caso que quase o matou. Agora, esta descoberta macabra numa cave está a ressuscitar o seu pior pesadelo. E o detetive da polícia estadual de Massachussetts, Bobby Dodge, só tem uma pista: uma rapariga que tem vivido escondida toda a vida.

Não adianta acender as luzes ... A infância dela foi uma confusão de cidades novas e identidades falsas. Mas de quê, ou de quem é que a família de Annabelle Granger se tem escondido? 

O assassino sabe onde encontrar-te!"

Impressões
Finalmente, um bom livro policial, com uma narrativa que me cativou desde a primeira linha. Parecia que estava a ver um episódio de "Mentes criminosas", mas com mais ação e drama. Achei interessante o facto da autora ter chamado a atenção para as condições de trabalho das forças policiais (excesso de trabalho, salários baixos, política, etc...). Vale a pena ler!

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Um livro , um amigo!


Neste dia, homenageia-se quem escreve e quem lê. 
É um dia para reforçar a importância do LIVRO na nossa vida. Terapia, Conforto, Escape, Aventura, Romance, Conhecimento... ... tudo à distância da próxima leitura. 
Por isso, não deixe para amanhã o que pode ler hoje!!!!

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Por aqui: Uma sobremesa primaveril!


A doçaria é outra das minhas (muitas) "doidices", sendo mais adepta da degustação do que da confeção, eheheh...
No entanto, de vez em quando, lá consigo uma espécie de obra-prima nesta área.
Estava delicioso, mesmo a combinar com o lindo dia primaveril que se fez sentir!

sábado, 13 de abril de 2013

A Casa dos Sonhos (The Cornish House)

Sinopse
"Quando a artista Maddie herda uma casa na Cornualha, logo após a morte do marido, ela espera que isso seja o novo começo de que ela e a enteada Hannah precisam desesperadamente. 
Trevenen é linda, mas negligenciada, uma casa rica em história. Maddie está encantada com ela e determinada a saber o máximo sobre o seu passado. Quando descobre as histórias das gerações de mulheres que viveram lá antes, Maddie começa a sentir que a sua vida está de alguma forma ligada àquelas paredes. 
Mas o sonho de Maddie de uma vida tranquila no campo está muito longe da realidade que enfrenta. Ainda a lutar com a sua dor e com Hannah, Maddie é incapaz de encontrar inspiração para a sua pintura e percebe que pode enfrentar a perspectiva de ter de vender Trevenen, agora que começou a amá-la. 
E enquanto Maddie e Hannah desvendam o passado de Trevenen, a casa revela segredos que ficaram ocultos durante gerações."


Impressões
Este foi o primeiro ebook que li! E gostei! Quero dizer, gostei da experiência de ter usado um Ereader, do livro em si, nem tanto. Há muito tempo, mas muito tempo mesmo, que tenho andado a fazer pesquisa acerca deste aparelhinhos... finalmente, resolvi vencer a minha relutância e adquirir um. Inicialmente, estranhei o peso e o formato... não enchia a mão como um livro em papel... mas rapidamente me acostumei e acabei por ler o ebook com o mesmo agrado com que leio um livro. Tem a vantagem de se poderem transportar vários livros de forma confortável e, além disso, a "acomodação" destes pequenitos deixa de ser um problema em casa... Por outro lado, é muito mais divertido entrar na livraria, olhar para as bonitas capas coloridas, tomar o peso do livro, sentir o cheirinho a novo... 
Em relação a este ebook, devo dizer que, embora o tenha lido com agrado, achei o enredo muito melodramático e, por isso, um bocado cansativo. Acho que está na hora de mudar de estilo e de ler um bom policial ou uma comédia, bem ao estilo da Sophie Kinsella.

sábado, 6 de abril de 2013

Mariana

Sinopse
" Ela tinha apenas cinco anos quando viu Greywethers pela primeira vez, mas soube de imediato que aquela era a sua casa. Vinte e cinco anos depois, tornou-se finalmente sua proprietária. Mas Júlia depressa começa a suspeitar de que existe algo de poderoso e inexplicável por detrás da sua decisão radical de abandonar Londres e começar de novo numa pequena aldeia. Os novos vizinhos são calorosos e acolhedores, muito particularmente Geoff, o aristocrático proprietário de Crofton Hall, com quem sente uma ligação imediata. Mas a vida tal como ela a conhecia acabou, e outra bem diferente está prestes a começar. Uma vida que inclui Mariana, que habitou aquela mesma casa trezentos anos antes e cujo destino ficou tragicamente por cumprir."

Impressões
É uma leitura agradável e que entretém bastante. Mais uma vez, temos o elemento sobrenatural/viagem no tempo bem conjugado com o momento presente. Na linha do romance anterior ("O segredo de Sophia"), este consegue abordar o assunto de uma perspetiva diferente. No entanto, tive pena de não ver mais desenvolvida a história das várias personagens. Também achei que o desenlace foi muito apressado, assim um pouco às "três pancadas"...
... e senti novamente inveja da protagonista, por ter uma profissão que lhe permite tanta liberdade e realização pessoal!

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Os Tambores de Outono (Drums of Autumn)

Sinopse
"(...) retrata o duro quotidiano das colónias americanas. Um lugar ocupado por nativos em luta pela sobrevivência, negros escravizados e europeus em busca de fortuna e melhor sorte, como Claire e Jamie. Enquanto isso, em outro período marcante da história, o ano de 1969, Brianna amarga a ausência da mãe, mas tenta esquecer o passado para se poder concentrar no futuro. 
(...) Seguir em frente sem olhar para trás não é tão simples quanto ela gostaria."

Impressões
Neste quarto volume da saga (também dividido em duas partes)  acompanhamos a dura luta pela sobrevivência, não só de Claire e Jamie, como também de todos aqueles que partiram para o "Novo Mundo" em busca de uma vida melhor. E, como era dura a jornada! Quem sobrevivesse à viagem marítima, feita em condições absolutamente inenarráveis, poderia ter a sorte de conseguir um pedaço de terra para se estabelecer e, assim, tentar driblar a fome e os rigores do clima. 
Depois de ter lido a descrição do quotidiano destes colonos, fiquei bem feliz por não ter nascido naquela época!
Na segunda parte da história, acontece aquilo que já se previa, ou seja, Brianna faz a viagem no tempo para conhecer Jamie e rever Claire. Como tal, a aventura continua...