domingo, 20 de abril de 2014

Lugares Escuros (Dark Places)

"Tenho uma ruindade dentro de mim, palpável como um orgão."

Impressões
Gostei bastante! Ao tempo que me apetecia ler um bom livro de mistério e que não tivesse os clichés habituais. Aqui, não há justiça de tipo nenhum, quero dizer, seria de pensar ou nós gostaríamos de pensar que as desgraceiras são distribuídas equitativamente por toda a gente, mas isso é o mesmo que esperar que um touro não nos ataque porque somos vegetarianos! Até o arremedo de justiça que acontece no final tem um sabor agridoce. E, apesar de ser ficção, ficamos com aquela sensação de que isto pode perfeitamente acontecer... que, de certeza já aconteceu... e que tudo isto, está totalmente fora do nosso controlo.

1 comentário:

  1. Nunca li nada desta autora, mas parece-me ser muito interessante :)

    ResponderEliminar