">

sábado, 4 de março de 2017

Na boca do lobo (Little boy blue)

Uau! A capa do livro não engana. É mesmo "um thriller policial alucinante". Foi muito difícil parar a leitura, para ir fazer as minhas obrigações (eu sempre disse que o trabalho ideal para mim, seria o de leitora). A inspetora-detetive Helen Grace vê-se, mais uma vez, a braços com uma série de homicídios intrigantes e invulgares. O que ela não contava é que .... e pronto, não vou dizer mais nada, ahaha... O que me irritou neste livro? As ações nada éticas da jornalista Emília Garanita e até do resto da matilha de jornalistas sensacionalistas. Mas, se pensar bem, é o que acontece na vida real. Basta ligar a tv para ver notícias que não passam de especulações ou da devassa da vida de cada um... informações fidedignas praticamente não há. É o que vende, não é? E o nível vai descendo ... Suspeito que um jornalista sério tenha muitas dificuldades em sobreviver.
Já comecei a ler a continuação deste e vou bem lançada (até na fila do supermercado aproveitei para ler um bocado ahahah). Não há dúvida, apesar de gostar de diversificar as minhas leituras, eu sou do team dos policiais e dos thrillers ... até nas séries que escolho seguir (praticamente, só vejo a Fox Crime... será que há uma detetive frustrada em mim? Bem, há décadas, quando me licenciei em Química e ainda não se falava em CSI, o que eu queria era ser investigadora forense, mas depois segui outra área... cá está, pecados antigos projetam sombras longas ahahahaha). Boas leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário